Dornes


No passado dia 30 de Julho de 2017 reunimos 52 amigos, que vieram de todo o país. A comitiva principal saiu de Lisboa, em direcção a Ponte de Sôr, e foi apanhando a malta pelo caminho. A pouco e pouco fomos ganhando dimensão na estrada. Este passeio foi aberto a todos os membros do grupo e seus acompanhantes.

   

Tivemos direito a uma visita guiada à vila de Dornes (que na verdade é uma aldeia) e aprendemos um pouco da história dos Templários em Portugal (podem ler mais aqui ou aqui).

Ainda nesta aldeia houve tempo para apresentações (muitas caras novas) e também para deixar antever o que se está a preparar para Outubro – o 1º Encontro Nacional do nosso grupo – com várias surpresas!

   

E como da uva também se faz vinho, fizemo-nos à estrada, porque nestes eventos também andamos de mota. Muitas curvas, estradas deliciosas, e paisagens com um grande potencial magnânimo. Contudo, a desgraça de Pedrogão Grande ainda estava perto, pelo que pudemos tomar consciência da verdadeira dimensão dos incêndios. Penso que cada um teve um seu minuto de silêncio dentro do capacete.

Mais curvas, a paisagem volta a ficar verde e a fome aperta. O restaurante não desiludiu, o convívio cresceu e as amizades multiplicaram-se. Cantaram-se os parabéns ao Manuel (que foi surpreendido pela família), tivemos direito a bolo, e seguimos para o Centro de Portugal. Contaram-se histórias, soltaram-se gargalhadas e arrancamos para uma praia fluvial a poucos quilómetros, onde finalmente nos sentamos à sombra com uma mini nas mãos. O calor ainda se fazia sentir, e houve direito a banhos! Amena cavaqueira, juntam-se as comadres e sabem-se as verdades, e vamos embora que já se faz tarde.

Vejam as fotos!

« 2 de 2 »